youtube instagram facebook tiktok
Piauí, 22 de fevereiro de 2024
Circulando

Vitória na Justiça Eleitoral: TRE-PI nega pedido de cassação contra Jôve Oliveira

O tribunal, por unanimidade, julgou improcedente o recurso, mantendo assim a integridade do mandato.


Na mais recente decisão do Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI), foi anunciado o veredito sobre a Ação de Impugnação de Mandato Eletivo (AIME) movida contra a prefeita Jôve Oliveira e o vice Hilton Osório, de Piripiri. O tribunal, por unanimidade, julgou improcedente o recurso, mantendo assim a integridade do mandato.

A ação, promovida pela Coligação 'Continuar é preciso, Piripiri não pode parar' e pelo ex-prefeito Luiz Cavalcante e Menezes, alegava abuso de poder em diversos aspectos, desde a inauguração de obras até gastos de campanha não informados. O relator, Charlles Max Pessoa Marques da Rocha, destacou a necessidade de provas robustas para caracterizar qualquer ato ilícito, seguindo a jurisprudência do Tribunal Superior Eleitoral.

A prefeita Jôve Oliveira expressou sua satisfação com a decisão e reforçou seu compromisso com Piripiri: "Nossa consciência sempre esteve tranquila quanto às acusações infundadas que nos foram atribuídas. A nossa confiança é firme em Deus e na Justiça dos homens. Este resultado renova o nosso compromisso de trabalhar, cada vez mais, pela nossa querida Piripiri.”

Aliados, amigos e parceiros celebraram a decisão que valida a continuidade da gestão atual. Este veredito não apenas reforça a confiança da prefeita e do vice, mas também sinaliza estabilidade política para o município.

Dê sua opinião: